Esperando, Esperança

tradução: "Eu irei e voltarei com saúde!!"

Escrito por: Lara Felix e Izabelle Casseb de Vasconcellos

Revisado por: Julyanna Ribeiro

Esta semana, no dia 18 de abril, j-hope começou o seu treinamento básico no exército sul-coreano, uma notícia que já se esperava desde o dia 26 de fevereiro, quando a HYBE anunciou que o terceiro membro mais velho do BTS tinha dado entrada no processo de ida ao exército. Após comunicar aos fãs, no dia 03 de março, foi lançada nas plataformas digitais a faixa On the street, colaboração entre j-hope do BTS, e o rapper e produtor norte-americano J. Cole, sendo esse um presente dele para o ARMY antes de se alistar.

Seguindo os passos do membro mais velho, Jin, mesmo depois de ter lançado o álbum Jack in the box, performado no Lollapalooza Chicago e ter documentado tudo para seus fãs, j-hope não podia ir sem deixar um lançamento para o ARMY.  Por ser uma característica do artista relembrar suas raízes em seus trabalhos, podemos citar como exemplo: Chicken Noodle Soup e Rush Hour, com On the street não foi diferente, ao referenciar os vídeos de dança de rua que costumava fazer.

Mas On the street se torna ainda mais especial pela participação de J. Cole. Fã de longa data do rapper norte-americano, j-hope nunca escondeu a grande influência que ele teve em sua carreira, sendo inclusive, inspiração para seu nome artístico. Os dois se conheceram em agosto de 2022, quando ambos foram headliners do Lollapalooza, em Chicago – J. Cole no sábado e j-hope no domingo. A partir dai uma camaradagem se criou, resultando em On the street.

Imagem 1 – Via: Weverse

Com as letras que compuseram para a colaboração, os rappers discutem sobre seus propósitos da sua arte e o que os mantém em movimento, nos momentos bons e nos momentos ruins e deixam claro: é sempre por nós. Fica claro, a partir dessa interpretação, as motivações de j-hope com esse presente para o ARMY.

Este ‘nós’, cheio de significados, pode ser Deus, família, fãs, amigos, é o que importa neste momento. Servir no exército não é fácil, e para artistas como j-hope, é uma fase que vem acompanhada por um medo de serem esquecidos e deixados para trás por seus fãs. Ele está indo com previsão de retorno em outubro de 2024, mas nós ficamos e, assim como ele andou, correu, moveu, olhou, amou e teve esperança por nós, só poderemos esperar por ele.

Imagem 2 – Via: Weverse. (tradução: Te amo ARMY 🫡💜 eu vou e voltarei bem!)

Um comentário

  1. Pingback:BTS lança OST para animação - B-Armys Acadêmicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MUITO MAIS

Bangtan Universe
A Narrativa Visual Na Linguagem Cinematográfica De Matrix No MV N.O do BTS

Acerca de algumas discrepâncias históricas, que não nos parecem estar de acordo com os princípios que tanto falamos e ouvimos em nosso meio social, devemos manter nossas dúvidas guardadas dentro de uma prateleira e esperar elas serem reveladas? Ou ainda devemos manter um senso crítico e questionador, que para uma sociedade moralista, o seu posicionamento seja subjugado como “rebelde e imprudente”?

Leia Mais
Bangtan Universe
Os sonhos de resistência e a Revolução dos Bichos contra as imposições coletivas

Em suma, “A revolução dos bichos” faz críticas à regimes totalitários e aponta a hipocrisia dos governantes que burlam as regras para benefício próprio. Observa-se que o livro demonstra os jogos de poder dos porcos, critica a censura e a manipulação das massas que ocorre com os animais. A educação mostra-se como um fator determinante na sociedade do livro, pois auxilia na compreensão da política e traz mais oportunidades.  

Leia Mais