Rush Hour: novo feat entre j-hope e o rapper Crush já está entre nós

Escrito por: Lara Felix

Revisado por: Julyanna Ribeiro

Após três anos desde sua última colaboração, j-hope se junta ao rapper Crush para firmar uma nova parceria. A faixa intitulada “Rush Hour” foi lançada em todas as plataformas digitais na última quinta-feira (22), com direito a um music video dançante e com muitas referências. Crush, no universo da k-music, é um nome bastante conhecido que faz parte da Pnation, empresa fundada por PSY em 2019. Iniciou sua carreira há 10 anos como integrante do grupo de hip hop chamado Masterpiece, e estreou como artista solo em 2014, passando a fazer parte do cenário underground da música sul coreana.

Através do videoclipe, podemos observar os dois artistas se divertindo em uma festa de rua com vários dançarinos mostrando através de seus figurinos diversas realidades: de trabalhadores á jovens hipsters. Um ponto marcante de colaborações em que o j-hope está envolvido é que ele sempre gosta de lembrar de onde veio, unindo assim pontos característicos e em comum que tem com o outro artista na produção. 

A composição que abraça o flow cativante que ambos compartilham e que claramente teve como referência a junção do hip hop com o swing do rock dos anos 60, foi o primeiro single do rapper Crush desde de 2020. O ARMY recebeu muito bem a colaboração, já que o que mais se vê no tiktok são os fãs participando do challenge. Muitos desses vídeos já foram notados pelos artistas, como foi o caso da tiktoker e B-ARMY Bianca Lima, que teve seu vídeo notado e republicado pelo Crush.  

O que não passou despercebido pelo ARMY foram alguns dos passos de danças mais marcantes do BTS nas partes em que o j-hope participa.

Apesar de todos os pontos citados acima, a música consegue nos trazer leveza e até um pouco de alegria no meio de uma rotina corrida. Não tem como não sentir vontade de parar e dançar quando se escuta o refrão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MUITO MAIS

Bangtan Universe
A Narrativa Visual Na Linguagem Cinematográfica De Matrix No MV N.O do BTS

Acerca de algumas discrepâncias históricas, que não nos parecem estar de acordo com os princípios que tanto falamos e ouvimos em nosso meio social, devemos manter nossas dúvidas guardadas dentro de uma prateleira e esperar elas serem reveladas? Ou ainda devemos manter um senso crítico e questionador, que para uma sociedade moralista, o seu posicionamento seja subjugado como “rebelde e imprudente”?

Leia Mais
Bangtan Universe
Os sonhos de resistência e a Revolução dos Bichos contra as imposições coletivas

Em suma, “A revolução dos bichos” faz críticas à regimes totalitários e aponta a hipocrisia dos governantes que burlam as regras para benefício próprio. Observa-se que o livro demonstra os jogos de poder dos porcos, critica a censura e a manipulação das massas que ocorre com os animais. A educação mostra-se como um fator determinante na sociedade do livro, pois auxilia na compreensão da política e traz mais oportunidades.  

Leia Mais