TRÊS EM UM: O produtor Min Yoongi

Por Juliet Tonetto e Beatriz Bandeira de Mello

Min Yoongi é também conhecido como Agust D, SUGA e também “by SUGA” – o produtor – não se dividindo em três partes iguais, mas emergindo por completo dependendo da situação: 100% idol, 100% artista de hip-hop ou 100% um produtor profissional

Weverse Magazine (2021)

Um profissional completo, com muitas facetas. Muitos conhecem Min Yoongi como o SUGA do BTS, mas já faz tempo que ele se apresenta como um artista diferenciado: rapper, cantor, produtor, dançarino e instrumentista.Sua carreira musical começou quando ainda era um adolescente, em Daegu, sua cidade natal, por volta dos 15 anos. Usando o nome Gloss, SUGA se promovia como um rapper/produtor underground como parte do hip hop crew D-TOWN, antes mesmo de se tornar um trainee na Big Hit Entertainment. Uma das produções que encontramos dessa época é a música 518-062 by D-TOWN, que ele escreveu aos 17 anos de idade. 

“Está é uma música que se candidatou ao “pedido” do festival de composição em Gwangju em maio, mas acabou falhando na primeira rodada preliminar. Parecia um desperdício simplesmente jogar jogá-la fora, então estou fazendo o upload assim no Nate Vídeo. O rap é de Nakshun, líder da equipe de hip-hop D-TOWN que está fazendo atividades em Daegu. Está é a música 518-062, produzida por D-TOWN’s Produtor Gloss.”

Genius

No entanto, SUGA não parou após o debut no BTS. Ele atualmente conta com inúmeras participações no processo de criação de todos os álbuns do grupo, sendo o maior responsável pela idealização da Era HYYH (The Most Beautiful Moment in Life). Min Yoongi também produziu duas mixtapes – AGUST D e D-2 – e seu álbum solo D-Day, lançado no ano passado. Além de já ter assinado produções com outros artistas, como PSY, Epik High, IU e Halsey, sendo cada vez mais conhecido como o nosso talentoso MinPD. Agora, antes de explorarmos o trabalho by SUGA of BTS, nós perguntamos: como funciona o processo de produção de uma música?

COMO SE PRODUZ UMA MÚSICA?

Produzir uma música é um processo longo que exige bastante comprometimento. Entre idas e vindas, a produção depende principalmente da combinação de referências e da criatividade do produtor, da equipe e do artista. Podemos resumir o processo de produção em 6 etapas: composição, pré-produção, gravação, mixagem, masterização e distribuição digital. 

  • Na composição, artistas e produtores anotam suas ideias e começam a organizá-las para dar forma a uma música – refrão e versos;
  • A etapa de pré-produção alinha o planejamento – quem serão os músicos participantes, os instrumentos que serão utilizados e os arranjos disponíveis;
  • Definidos os elementos, começa a fase de gravação na qual vozes, instrumentos e arranjos se alinham na música. Os instrumentos e vozes, por exemplo, podem ser gravados individualmente ou em grupo;
  • Na mixagem são corrigidas possíveis falhas de gravação e adicionados outros efeitos. É nesse momento onde se verifica a harmonia geral de todos os elementos, com uma possível adição de outros, tais como efeitos de mixagem gerados por equalizadores;
  • A masterização visa ajustar (e melhorar) o que foi feito durante a mixagem. É nessa fase que acontecem os processos de renderização que consiste, basicamente, em adequar a música ao formato em que ela será distribuída (álbum, vinil ou plataforma de streaming, por exemplo) e a compilação que define a sequência e a transição entre as músicas. 
  • Por fim, é por meio da distribuição que as músicas chegam até nós! Seja pelo Spotify, pelo Youtube ou mesmo através dos álbuns físicos, depois de passar por todos esses processos, nada mais justo do que apreciarmos essas verdadeiras obras de arte. 

By SUGA of BTS

SUGA já deixou claro seu amor pela música e pela produção ao longo de sua carreira. Em suas entrevistas, ele costuma se orgulhar de suas produções e parcerias, apesar de se mostrar reticente quanto à carreira de produtor. Em uma entrevista para a Vogue Magazine, em 2023, quando foi perguntado sobre a possibilidade de ser um produtor em tempo integral, ele respondeu:

Eu sempre serei um membro do BTS. As pessoas sugeriram que eu deveria me tornar um produtor em tempo integral, mas acho que não vou. Eu não sou responsável o suficiente para assumir a responsabilidade por ninguém. Eu gosto de fazer parte do BTS.”

Vogue Magazine

Nos conteúdos disponibilizados nas redes sociais do BTS é possível visualizar o processo de produção musical de SUGA. Como dissemos, esse tipo de trabalho não costuma ser linear e no caso de SUGA, não é diferente. No documentário “SUGA: Road to D-Day”, disponível na plataforma de streaming Disney+, podemos ver um pouco das 6 etapas que mencionamos anteriormente e também os desafios vividos por SUGA durante todo o processo de criação, algo que nos conecta ainda mais com sua música e os significados atribuídos a ela. 

Figura 1. SUGA: Road to D-DAY. Fonte: BTS, Weverse, 2023.

O documentário mostra que durante a produção de seu último álbum solo – D-Day – SUGA enfrentou um bloqueio criativo e, com a ajuda de seus amigos, encontrou uma maneira de superá-lo, algo que todos nós já enfrentamos em algum momento de nossas vidas. Esse exemplo ilustra como SUGA expõe sua vulnerabilidade, suas inseguranças e sua resiliência, que se fazem presentes não apenas nas críticas inseridas em suas músicas, mas também em suas leves conversas com seus amigos durante a gravação do documentário.

Figura 2. SUGA: Road to D-DAY. Fonte: BTS, Weverse, 2023. 

Percebemos que todo o processo de produção é exposto com um toque de sinceridade crua, no qual SUGA enfatiza que é muito cansativo, doloroso e também estressante, já que em muitas de suas composições foi preciso reviver lembranças não tão prazerosas – lembranças essas que carregamos conosco, que nos completam e fazem parte de quem somos. Porém, ele compartilha que a produção, para ele, também é sinônimo de diversão e felicidade.

“Quando encontro pessoas e faço música, aí sim, é divertido. Fico concentrado durante 12/13 horas e só paro para comer. Quantas coisas me motivam desse jeito? Isso é felicidade.” 

SUGA: Road to D-DAY.

A etapa de composição, como dissemos, requer criatividade. Reviver memórias, adaptá-las e somá-las a outras referências se tornaram as bases fundamentais da música “AMYGDALA”, quarta faixa do álbum D-Day, lançado em abril de 2023, mas que já havia aparecido, de relance, durante o programa “In The Soop – Temp. 01 (2020)’, ou seja, três anos antes de seu lançamento oficial. Durante um trecho do documentário há um momento no qual SUGA comenta com seu companheiro de grupo Jimin sobre a música.

“O cérebro armazena as lembranças desagradáveis na amígdala. E você se prepara para essas situações no futuro. Tenho mudanças de humor enormes quando estou trabalhando nesta música. Para compô-la, preciso reviver algumas lembranças desagradáveis. Mas é um processo muito importante. Faz parte do tratamento para trazer de volta as lembranças ruins do passado e aprender a controlá-las.”

In The Soop

Também encontramos traços da literatura com menções ao livro “Amêndoas” da autora Won-Pyung Sohn, que SUGA leu durante o mesmo “In the Soop”. O livro retrata a história de um jovem chamado Yunjae que nasceu com uma condição neurológica chamada alexitimia, que afeta a capacidade de identificar e expressar sentimentos como desejo, tristeza, raiva e medo. Yoongi também comentou um pouco sobre a música “Amygdala” no programa IU’s Palette, Ep. 19 – IU X SUGA*

“A amígdala no cérebro é responsável por emoções e memórias como os traumas. Foi uma música onde acessei de forma inconsciente minha mente para ver porque essa pessoa chamada Min Yoongi existe até agora. Essa foi uma música que consolidou meus pensamentos. Eu queria que o BTS cantasse ela, então a estive guardando. Bang PD me disse para ‘mantê-la para depois’. Todas as minhas histórias pessoais estão nela.”

IU’s Palette

IU’s Palette

Figura 3 – IU’s Palette. Fonte: IU’s X, 2023. https://x.com/_iuofficial/status/1645351033097584640?s=46 

Durante sua trajetória como artista multi-talentoso, SUGA dividiu conosco, através de seus trabalhos musicais, todas as histórias que se sentiu livre para compartilhar – desde sentimentos simples até os mais complexos e difíceis. E você, ARMY, gosta de alguma música em específico do rapper SUGA, também conhecido como Agust D? Tem alguma produção favorita? Não esqueça de compartilhar com a gente. Aqui deixaremos algumas de suas produções: 

Referências 

BENJAMIN, Jeff. BTS’ Suga Returns as Agust D to Tackle Loneliness, Humanity & Being Acknowledged. Billboard [Online], 7 de abril de 2023. Disponível em: https://www.billboard.com/music/pop/bts-suga-agust-interview-people-pt2-iu-1235299416/. Acesso em: 8 mar. 2024.

DZURILLAY, Julia. Why BTS’ Suga Doesn’t Think He’ll Become a Full-Time Producer. Showbiz CheatSheet [Online], 2 de março de 2022. Disponível em: https://www.cheatsheet.com/entertainment/bts-suga-doesnt-think-become-full-time-producer.html/

GENIUS. 518-062. Pre-Debut Songs. Genius [Online], 17 de maio de 2010. Disponível em: https://genius.com/D-town-kor-518-062-lyrics. Acesso em: 8 mar. 2014.

KIM, Youngdae. BTS’s SUGA on passion, inspiration and finding the extraordinary in the ordinary. Vogue Magazine [Online], 23 de dezembro de 2021. Disponível em: https://vogue.sg/bts-suga-vogue-singapore-cover-interview/ . Acesso em: 8 mar. 2024.

LIMA, Isabella. De Min Yoongi a Agust D, o que aprendemos sobre o caminho do artista em SUGA: Road to D-DAY. Persona – Jornalismo Cultural, Universidade Estadual Paulista (UNESP) [Online], 6 de dezembro de 2023. Disponível em: https://personaunesp.com.br/suga-road-to-d-day-critica/. Acesso em: 7 mar.  2024.

SUH, Randy. Prod. By SUGA. A guide to songs produced by SUGA. Weverse Magazine [Online], 8 de dezembro de 2021. Disponível em: https://magazine.weverse.io/article/view/275?lang=en&artist=BTS. Acesso em: 7 mar. 2024.

WEVERSE MAGAZINE. SUGA: “This is the only thing I know how to really do”. BTS Butter album release interview. Weverse Magazine [Online], 30 de julho de 2021. Disponível em: https://magazine.weverse.io/article/view/214?lang=en&artist=BTS. Acesso em: 8 mar. 2024.

MinPD – Min Producer, traduzido do inglês para Min Produtor. 

 In The Soop é um programa de variedades protagonizado pelos membros do BTS.  

https://weverse.io/bts/media/2-116929456
https://weverse.io/bts/media/2-18579973

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MUITO MAIS

Bangtan Universe
A Narrativa Visual Na Linguagem Cinematográfica De Matrix No MV N.O do BTS

Acerca de algumas discrepâncias históricas, que não nos parecem estar de acordo com os princípios que tanto falamos e ouvimos em nosso meio social, devemos manter nossas dúvidas guardadas dentro de uma prateleira e esperar elas serem reveladas? Ou ainda devemos manter um senso crítico e questionador, que para uma sociedade moralista, o seu posicionamento seja subjugado como “rebelde e imprudente”?

Leia Mais