JungKook se apresenta na cerimônia de abertura da Copa do Mundo do Catar

Por Vitória Roque

Revisado por Julyanna Ribeiro

Neste domingo, dia 20 de novembro, ocorreu a cerimônia de abertura da Copa do Mundo 2022, sediada no Catar – e, entre os destaques do evento, está uma performance de JungKook!

imagem de divulgação (créditos da imagem: BigHit Music)

A celebração aconteceu antes da partida entre Catar x Equador, no estádio Al Bayt. A abertura contou com diversos momentos marcantes, como a participação do ator Morgan Freeman e Ghanim Al Muftah, um jovem influencer catari de 20 anos que nasceu com a Síndrome de Regressão Caudal.

Os dois apresentaram um discurso de união e abraço às diferenças – que se estendeu por toda a cerimônia. “Todos são bem-vindos. Este é um convite para todo o mundo”. A mensagem demonstra um esforço da FIFA em abordar as críticas relacionadas ao evento e, especialmente, à escolha do país-sede, que enfrenta acusações de violação aos direitos humanos.

As nações participantes do torneio foram representadas por meio de bandeiras e camisas gigantes, em um espetáculo que incluiu o uso de tecnologia, pirotécnica, show de luzes e coreografia. Além disso, um medley com músicas-tema de edições anteriores ecoou por todo o estádio.

JungKook faz performance de “Dreamers” ao lado de Fahad Al-Kubaisi

O final da cerimônia de abertura da Copa do Mundo 2022 foi marcada pela performance de “Dreamers”, faixa de JungKook e parte da trilha sonora oficial da competição. A apresentação obteve a participação especial de Fahad Al-Kubaisi, artista, modelo e ativista de direitos humanos catari.

Com um traje preto, o integrante do BTS liderou um show que dispôs de muita coreografia e estrutura cenográfica. A canção apresentada também esteve em equilíbrio com a mensagem geral do evento – o respeito.

“Reúnam-se agora, olhem para mim / Respeite o amor da única maneira / Se você quiser, venha comigo […] Esta é para aqueles que mantêm a paixão / Respeito, oh, sim / Esta é para aqueles que podem imaginar / Respeito, oh, sim”, diz a tradução da letra.

Após o evento, JungKook abriu uma livestream na plataforma Weverse para falar sobre a experiência. O cantor agradeceu aos fãs pelo apoio, e compartilhou seus sentimentos acerca de sua apresentação.

“Honestamente, não posso dizer que fiquei satisfeito, mas estou feliz por não ter cometido nenhum erro e que tudo tenha corrido bem. Graças a vocês, ganhei força”, falou em determinado momento.

Ele também falou sobre o apoio que recebeu dos outros membros do grupo, que compartilharam imagens assistindo à cerimônia em suas redes sociais. “Nossos membros torceram por mim, muito obrigado”, disse ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MUITO MAIS

Bangtan Universe
A Narrativa Visual Na Linguagem Cinematográfica De Matrix No MV N.O do BTS

Acerca de algumas discrepâncias históricas, que não nos parecem estar de acordo com os princípios que tanto falamos e ouvimos em nosso meio social, devemos manter nossas dúvidas guardadas dentro de uma prateleira e esperar elas serem reveladas? Ou ainda devemos manter um senso crítico e questionador, que para uma sociedade moralista, o seu posicionamento seja subjugado como “rebelde e imprudente”?

Leia Mais
Bangtan Universe
Os sonhos de resistência e a Revolução dos Bichos contra as imposições coletivas

Em suma, “A revolução dos bichos” faz críticas à regimes totalitários e aponta a hipocrisia dos governantes que burlam as regras para benefício próprio. Observa-se que o livro demonstra os jogos de poder dos porcos, critica a censura e a manipulação das massas que ocorre com os animais. A educação mostra-se como um fator determinante na sociedade do livro, pois auxilia na compreensão da política e traz mais oportunidades.  

Leia Mais