Redes de apoio: BTS e o ARMY

                                         Cosme Ribeiro,  Fernanda Neves, Jannielly Oliveira, Laura Bittencourt

Revisado por: Isabella Teles e Laura Mello

O que são redes de apoio ?

A vida na sociedade pós-moderna é caracterizada pela individualidade e pelo desempenho, que por vezes torna difícil a sensação de pertencimento a um grupo, simultaneamente, nos vemos sobrecarregados e sozinhos.

Byung-Chul Han (2017) levanta uma discussão sobre um cansaço solitário e isolado em seu livro “Sociedade do Cansaço”, onde os indivíduos encontram-se tão consumidos por um modelo de sociedade que exige desempenho e positividade, que a comunicação acaba sendo pouca ou inexistente. A comunicação e socialização são elementos principais na constituição do homem como ser social, presente na criação e manutenção de comunidades, além das relações sociais. Mas, o cansaço acaba influenciando o modo com que as pessoas lidam com o sofrimento, com um indivíduo sofrendo aqui, outro indivíduo sofrendo lá e assim o sofrimento se torna solitário.


Para as autoras Juliano e Yunes (2014), é de suma importância para a manutenção do bem-estar físico e emocional estar vinculado a uma rede de apoio, caracterizada pelas relações que um indivíduo estabelece ao longo da sua vida, gerando impactos positivos e negativos em sua saúde e personalidade.
A rede de apoio torna-se essencial no momento de enfrentamento de crises e no desenvolvimento do indivíduo. A crise ocorre no momento em que se tem uma exposição de fatores de risco ao indivíduo, variando em intensidade e tempo, gerando um fenômeno de resiliência no momento em que a pessoa consegue superar essa dificuldade.

Para o ser humano, a resiliência possibilita a evolução e desenvolvimento, o que não significa que esses momentos precisam ser enfrentados sozinhos. A sobrevivência em grupo sempre teve maiores efeitos na humanidade, e é nesse espaço que a rede de apoio se encaixa, sendo que esse grupo pode ser constituído por um grupo familiar, de trabalho, político, religiosos, institucional ou por interesses que unem o grupo — a identidade que eles carregam (Juliano & Yunes, 2014).

BTS

Falando sobre rede de apoio, observa-se um movimento interessante entre os membros do BTS, que começaram como um grupo de trabalho, evoluiu para um apoio entre amigos e hoje podemos ver como um grande grupo familiar de amor, apoio mútuo e incondicional.


É possível ver em alguns momentos os impactos positivos dessa relação, como a maneira que os integrantes sempre se apoiam em atividades solos, seja dando encorajamento, visitando o set de gravação, ajudando na divulgação ou com comentários positivos.

…Nós sete estamos em um barco, olhando para direções diferentes, mas indo no mesmo caminho. É assim que eu descrevo o BTS.”

_ RM

Um exemplo disso ocorre na gravação da primeira mixtape de j-hope, HOPE WORLD, em que mesmo com agendas diferentes, todos os membros tiraram um tempo para visitar o set para acompanhar e encorajar o parceiro, por mais que não fosse uma atividade programada para o grupo. Teve até mesmo um momento de participação especial do V no MV de “Daydream” e, recentemente, em “MORE” como parte do elenco.

[EPISODE] j-hope 1st mixtape MV Shooting #2

Em outro momento, com o comeback do BTS em “Map of the soul: persona”, teve a gravação do trailer estrelado com uma música solo do líder RM, e novamente, os membros se revezavam para visitar o set de gravações e demonstrar apoio ao membro pelo seu trabalho, que podem ser com pequenos gestos, desde tirar uma foto para divulgação posterior, até ajudar com questões técnicas. O simples  fato de  estar presente no ambiente já se torna reforçador e estimulante para alguém que te ama e aprecia seu esforço de estar ali.

[BANGTAN BOMB] Where is BTS going? (Hint: RM’s comeback trailer) – BTS (방탄소년단)

Em meio a pandemia em 2020, o ARMY foi apreciado com o lançamento da mixtape de Agust D, com a faixa principal ‘대취타’ que trouxe elementos culturais e da identidade musical do membro Suga. Mas, algo inesperado despertou o olhar aguçado de alguns fãs que notaram dois rostos conhecidos entre o elenco de atuação do MV, sendo depois revelado no shoot sketch a participação de Jung Kook e Jin, com mais um exemplo de apoio no momento em que algum membro mostra um trabalho solo.

[EPISODE] Agust D ‘대취타’ MV Shoot Sketch

Recentemente com o lançamento de “MORE”, V também aparece sem aviso e acaba fazendo parte da gravação, ficando claro que mesmo sendo trabalhos solos dos membros, o BTS na totalidade e, como uma grande família, não deixa de ajudar e constituir uma rede de apoio.

 Os membros expõem sobre como se sentem sendo um grupo durante tanto tempo, desde a época  como trainee até os dias de hoje, tendo mais de 10 anos de convivência e união. Na cena de depoimentos do documentário “Break The Silence” lançado em 2020  Jimin fala um pouco sobre isso:

“Nós somos tão diferentes, na personalidade e nas menores coisas. Independentemente disso, conseguimos permanecer juntos por muito tempo sem entrar em conflito. Quando pensei nisso, percebi que foi possível porque compartilhamos o mesmo objetivo final.” 

BTS X ARMY

Essa rede de proteção se estende do grupo para o fandom em uma dinâmica de mão dupla. O grupo a cada comeback demonstra a preocupação com a segurança, saúde física e emocional dos fãs. As músicas da série “Love Yourself” têm como temática o amor próprio, auto cuidado e o cuidado com os fãs, que constroem uma relação de  entrega e  recebimento de  amor. 

“Mesmo se o inverno voltar

Não importa quem me bloqueia, eu ando em frente

Nós somos, somos eternamente à prova de balas”

We Are Bulletproof: The Eternal – BTS

Esse amor é uma parceria entre o BTS e o ARMY. Ao se mostrar como família, o BTS traz essa sensação de suporte para os seus fãs que se encontram com um significado maior:  seu carinho pelo grupo. A influência do BTS se torna tão forte que é expressada em projetos criados pelo ARMY como  doações,  aulas e grupos de estudos, fomentando informações e ideias atuais (que promovem e estimulam a formação acadêmica como um todo), e até os  que mobilizam os fãs a fazer stream, esses projetos têm crescido cada vez mais e vêm ganhando reconhecimento pelo mundo todo.  Sendo uma forma de observar a formação de redes que vão se constituindo em torno de vários movimentos conjuntos. 

Para muitos fãs, o BTS apareceu como um conforto, refúgio e salvação. Quando acontece a interação entre ARMYs, não é incomum ouvir relatos de como o BTS apareceu na vida delas  quando elas “mais precisavam”. Isso pode ocorrer através do contato com as músicas, como uma forma para aliviar o estresse diário, ou assistir um conteúdo produzido pelo grupo ou o conforto vem também no desabafo com outros fãs.

No evento “BTS 3rd Muster in Seoul”,  V cria a expressão ”borahae”, que faz a junção das palavras coreanas: Bora – roxo em coreano
Hae – abreviação do termo saranghae, “eu te amo”
Esse termo ganhou um grande significado para simbolizar a conexão entre o ARMY e o BTS, de uma grande rede de apoio que transpassa muitos obstáculos e vem se consolidando para ser um elo duradouro. 

“Roxo é a última das cores do arco-íris. Roxo significa que vou confiar e amar você por um longo tempo.”

V, “3rd Muster in Seoul”

As músicas e interações atuam como uma rede de apoio que ajuda em momentos de crises e atuam como uma ação terapêutica, mas é preciso ter um cuidado especial com a linha tênue entre algo que faz bem e algo que gera sofrimento. 

Refúgio x Dependência

Dentro do fandom às vezes é possível observar  uma confusão sobre até que ponto o amor e carinho pelo grupo  passa de um refúgio e rede de apoio e se torna uma dependência emocional. 

Existem muitos estudos sobre dependência química, mas recentemente a psicologia tem se voltado para estudos mais contemporâneos de dependências químicas e físicas, em que ambas se tornam uma dependência emocional também. Isso porque quando algo é consumido fisicamente, algum alimento, ou substâncias químicas, o  cérebro libera neurotransmissores como a dopamina e a serotonina, responsáveis por produzir a sensação de bem-estar, alívio de dor e felicidade. 

A dependência pode ocorrer quando essa sequência de consumir algo, que libera um neurotransmissor e faz com que tenha a sensação de  bem-estar, torna-se a principal ou a única forma de se sentir feliz.

Para Young e Abreu (2011) a dependência se caracteriza como uma compulsão ou fissura por algo, como um desejo incontrolável de realizar certas atividades. De acordo com o estudo, o consumo de conteúdos na internet surge como uma atividade prazerosa, achada pelo consumidor como uma forma de “matar tempo”, sentir prazer, bem-estar ou  de se distrair de sentimentos dolorosos. Conforme a pessoa sente prazer como consequência do consumo, ela se torna dependente daquela atividade e emite comportamentos vistos na dependência quando não consegue ter contato com os conteúdos, sintomas como: modificação do humor, irritabilidade, abstinência e ansiedade.

E como seguir de forma saudável?

Realizar psicoterapia sempre ajudará no autoconhecimento, para se auto avaliar sobre até que ponto é saudável e quando deixa de ser. Não é errado ser fã, gostar de grupos e elementos da cultura pop, que terá muitas vezes um efeito terapêutico parecido com atividades físicas e artísticas. O que não é recomendado é  substituir a psicoterapia com atividades terapêuticas de forma isolada, mas sim realizá-las concomitantemente. 

Acompanhar o BTS é muito satisfatório e recompensador, mas às vezes precisamos parar e ouvir o que eles têm a dizer em “Pied Piperpara que essa relação tão bonita e duradoura, como a cor roxa, seja saudável para ambos. 

“Pare com isso, analise o MV depois

Afinal, já tem fotos demais minhas no seu quarto

O que é uma hora? (antes que você perceba) um ou dois anos vão passar voando

Essa música é uma recompensa que eu dou pra você”.  

Pied Piper — BTS

Conversar com o fandom sobre esse tema é como uma porta de possibilidades que se abre  para um senso de avaliação individual e conjunta. Somos uma rede que se constitui de pessoas de diferentes espaços, lugares e culturas. Assim se auto avaliar e estar aberto a  possibilidade de fazer psicoterapia, é uma forma  de cuidado consigo,  e  também com o outro. Uma rede múltipla de cuidado se faz a partir de micro ações que vão sendo construídas ao longo do tempo. ARMY e BTS são um exemplo de que uma relação saudável é construída a partir de um olhar mútuo, de diálogo e confiança. Construindo, dessa forma, espaços de cuidado para conhecer as constelações que o outro traz consigo, podendo fazer parte de um espaço conjunto, mas  sem  impedir que seu microcosmo deixe de brilhar e existir

“Uma história em uma pessoa 

Uma estrela em uma pessoa 

Sete bilhões de mundos diferentes 

Brilhando com 7 bilhões de luzes 

Sete bilhões de vidas, a visão noturna da cidade 

É possivelmente a noite de outra cidade 

Nossos próprios sonhos, deixe-nos brilhar 

Você brilha mais do que qualquer outra pessoa 

Um“.

Mikrokosmos — BTS.

DISCLAIMER

Entendemos a importância da rede de apoio e por isso pensamos em escrever sobre esse tema justamente nesse mês. As coisas estão um pouco mais difíceis  desde o período pandêmico quando  fomos surpreendidos com o isolamento e tudo que adveio com a pandemia.

Enquanto uma equipe pensada para discutir psicologia de maneira didática, crítica e de acordo com os princípios éticos da nossa profissão.  E  também como Armys, que conhecem a mensagem de amor e cuidado que o BTS se propõe a difundir enquanto grupo, não descartamos que  pensar em saúde mental inclui pensar em direitos básicos como acesso à saúde gratuita e de qualidade, moradia, alimentação e lazer. Respeitando e cumprindo com nosso dever ético perante nosso papel enquanto psicólogos, ou futuros psicólogos, queremos deixar alguns possíveis caminhos caso entenda que precisa de ajuda. 

  1. Procure conversar sobre o que está sentindo com alguém de confiança e peça ajuda. Podem ser seus pais, amigos, professores, colegas de trabalho, qualquer pessoa que você sinta ser de confiança e que possa te ouvir. Muitas vezes sinalizar uma dor é difícil, mas procure alguém que sinta que possa te auxiliar nesse processo. Pedir ajuda não é sinal de fraqueza.
  2. Procure fazer acompanhamento com profissionais que estejam preparados para dar suporte nesses momentos. Sabemos que o processo terapêutico não é acessível a todos, por diversas questões. Dessa forma, separamos alguns possíveis locais onde pode- se buscar acompanhamento terapêutico com baixos custos ou gratuitos. 
  • Procure por clínicas escolas de psicologia, geralmente vinculadas a instituições de ensino superior como universidades e faculdades, que possuem o curso de psicologia; 
  • ONG’s ou instituições filantrópicas, como igrejas, por exemplo, que às vezes disponibilizam esses serviços  ao público de forma geral;
  •  Postos de saúde (UBS) da sua região;
  •  Hospitais universitários;
  •  CAPS (Centro de Atenção Psicossocial);
  • Se sua instituição de ensino, ou local de trabalho oferecer apoio terapêutico, não tenha vergonha de recorrer a esse serviço.

Lembre-se de que é muito importante fazer parte de uma rede de apoio, cuidar e ser cuidado, mas se você se sente sozinho e acha que precisa de ajuda, há profissionais que podem auxiliar nesse processo de maneira ética e respeitosa. Procure ajuda.

Referências

Kpop: apoio emocional em relação parassociais dentro dos fandoms. GOMES, Giovanna. K-POP: apoio emocional em relações parassociais dentro dos fandoms https://encenasaudemental.com/post-destaque/k-pop-apoio-emocional-em-relacoes-parassociais-dentro-dos-fandoms/ Acesso em: 25 de agosto de 2022.

Bangtan Brasil. [LETRA] We Are Bulletproof: The Eternal – BTS. Acesso em 25 agosto, 2022. em: https://bangtan.com.br/letra-we-are-bulletproof-the-eternal-bts/.

Bangtan Brasil. 12 frases ditas pelo BTS em ‘Break The Silence’ que vão tocar o seu coração. Acesso em 27 agosto, 2022 em: https://bangtan.com.br/12-frases-ditas-pelo-bts-em-break-the-silence-que-vao-tocar-o-seu-coracao/

Bangtantv. [EPISODE] j-hope 1st mixtape MV Shooting #2. YouTube. Acesso em 25 agosto, 2022 em https://www.youtube.com/watch?v=Ip7eVuFxiEE

Bangtantv. [BANGTAN BOMB] Where is BTS going? (Hint: RM’s comeback trailer) – BTS (방탄소년단). YouTube. Acesso em 26 agosto, 2022 em https://www.youtube.com/watch?v=k6mx-k_DVo8.

Bangtantv. [EPISODE] Agust D ‘대취타’ MV Shoot Sketch. YouTube. Acesso em 26 agosto, 2022 em: https://www.youtube.com/watch?v=KWRJ8CUBsXI.

Bangtantv. [EPISODE] j-hope ‘MORE’ MV Shoot Sketch – BTS (방탄소년단). YouTube. Acesso em 26 agosto, 2022 em: https://www.youtube.com/watch?v=jl8GHkEguXE.

Genius. BTS – 소우주 (Mikrokosmos) (Tradução em Inglês).Acesso em: 29 ago. 2022. em: https://genius.com/Genius-english-translations-bts-mikrokosmos-english-translation-lyrics. 

Genius. BTS – 소우주 (Mikrokosmos) (Tradução em Português).Acesso em: 29 ago. 2022. https://genius.com/Genius-brasil-traducoes-bts-mikrokosmos-traducao-em-portugues-lyrics

Han, B. C. (2017). Sociedade do cansaço. Editora Vozes. São Paulo: Rio de Janeiro. 

Hybe Labels. BTS (방탄소년단) MAP OF THE SOUL : PERSONA ‘Persona’ Comeback Trailer. YouTube. Acesso em 26 agosto, 2022 em: https://www.youtube.com/watch?v=M9Uy0opVF3s.

Hybe Labels. j-hope ‘Daydream (백일몽)’ MV. YouTube. Acesso em 25 agosto, 2022 em https://www.youtube.com/watch?v=OK3GJ0WIQ8s. Hybe Labels. . YouTube. Acesso em 26 agosto, 2022 

Juliano, M. C. C. & Yunes, M. A. M. (2014). Reflexões sobre rede de apoio social como mecanismo de proteção e promoção de resiliência. Ambiente & Sociedade, 17(3), 135-154. Acesso em 25 agosto, 2022, em https://doi.org/10.1590/S1414-753X2014000300009.

Young, K. S., & Abreu, C.N. D. (2011). Dependência de Internet. Grupo A. Acesso em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/books/9788536325958 

O que significa o BORAHAE I Purple You do BTS. https://revistakoreain.com.br/web-stories/o-que-significa-o-borahae-i-purple-you-do-bts/ data de acesso: 25 de agosto, 2022.
Pied Piper – BTS https://bangtan.com.br/letras-pied-piper-bts/ data de acesso: 25 de agosto, 2022.

Um comentário

  1. Amo o BTS e leio todo conteúdo positivo sobre estarei esperando eles voltarem de suas obrigações cm seu país.obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MUITO MAIS

Bangtan Universe
A Narrativa Visual Na Linguagem Cinematográfica De Matrix No MV N.O do BTS

Acerca de algumas discrepâncias históricas, que não nos parecem estar de acordo com os princípios que tanto falamos e ouvimos em nosso meio social, devemos manter nossas dúvidas guardadas dentro de uma prateleira e esperar elas serem reveladas? Ou ainda devemos manter um senso crítico e questionador, que para uma sociedade moralista, o seu posicionamento seja subjugado como “rebelde e imprudente”?

Leia Mais
Bangtan Universe
Os sonhos de resistência e a Revolução dos Bichos contra as imposições coletivas

Em suma, “A revolução dos bichos” faz críticas à regimes totalitários e aponta a hipocrisia dos governantes que burlam as regras para benefício próprio. Observa-se que o livro demonstra os jogos de poder dos porcos, critica a censura e a manipulação das massas que ocorre com os animais. A educação mostra-se como um fator determinante na sociedade do livro, pois auxilia na compreensão da política e traz mais oportunidades.  

Leia Mais